Seu IP atual: 34.204.173.36 Brasil,
 Home          Hospedagem de sites           Internet Gateway           Contato 
           
Serviços ao cliente      Centro de Suporte      Downloads       Painel de controle       Webmail       Política Anti-spam
Últimas Noticias
Tronic lança os portais de aventura

Seis 'mistérios' do Windows e as soluções para cada um deles

Dez dicas e truques para deixar o PC com Windows 10 mais rápido

Não publique aquela foto do seu filho nas redes sociais

Ubuntu já pode ser instalado dentro do Windows 10; aprenda a fazer

Computador infestado de vírus está à venda por mais de US$ 1 milhão

Metade dos sites falsos usa cadeado de segurança para enganar usuários

Google planeja levar internet à África com balões de altitude

IBM anuncia a compra da Red Hat

Ministério Público pede que brasileiros reiniciem roteadores

Novo padrão Wi-Fi terá velocidade de quase 5 Gbps

GRISOFT expande o portifólio de segurança AVG para o GNU/Linux e o FreeBSD

Mudancas nos horarios das Publicações DNS

Tronic Networks lança o construtor de sites

A Grisoft vai bloquear o uso do AVG FREE EDITION em empresas

Conheça nosso produto Anti Spam

Estatisticas do CERT.br: Incidentes -- 2º trimestre de 2006

Estatisticas do CERT.br: Spam junho de 2006 e 2º trimestre de 2006

MS divulga detalhes sobre vírus em PowerPoint

Holanda vai tratar viciados em games e internet

Ontem Linux, hoje Windows... e vice-versa

Correio Eletrônico: Uso da Auto-Resposta

A GRISOFT adquire a Ewido Networks

Analise da banda larga brasileira

Mudanças em Fevereiro de 2006

[+] Noticias
Seis 'mistérios' do Windows e as soluções para cada um deles
19/09/2019 03:02:12
Entenda como sistema para PCs percebe travamentos e como arquivos são apagados


O Windows tem quase quatro décadas de história e coleciona curiosidades e mistérios que intrigam os usuários das várias edições da plataforma. Recentemente, um funcionário da Microsoft desvendou um dos maiores enigmas do sistema: o que acontece quando um PC trava e busca solução. De acordo com o engenheiro de software Mark Phaedrus, raramente o Windows consegue enviar uma resposta imediata.

Pensando nisso, o TechTudo reuniu uma lista com questões que intrigam os usuários do sistema, como o que acontece quando um arquivo é excluído ou o que se passa na pasta System32. A seguir, desvende alguns "mistérios" do sistema.


1. O que acontece quando o computador trava?

Diversos tipos de eventos podem provocar um travamento do sistema: aplicativos que entram em impasse quanto ao acesso de algum recurso; falta de capacidade de hardware; tentativa de gravar dados em um espaço muito curto de memória, o que corrompe dados de outros apps e obriga uma reinicialização; ou o chamado loop infinito, que trava o computador na execução de uma tarefa sem fim. Além disso, falhas de hardware podem se manifestar de uma hora para a outra. Um “mistério” a respeito de como o computador trabalha nessas situações é a detecção. Afinal, se o PC trava, como o Windows consegue perceber o problema e mostrar aquela janelinha convidando você a encerrar a tarefa?

Isso acontece porque aplicativos em execução no computador consultam o sistema operacional o tempo todo para saber se o usuário está executando novas ações, como digitar um texto ou mover o mouse. Quando um app passa muito tempo sem fazer essas requisições, o Windows assume que ele pode ter travado. O “pode” aqui é importante: é possível que o software esteja apenas ocupado em alguma tarefa muito exigente, como a renderização de um vídeo, e é por isso que o sistema pergunta se você deseja encerrar a tarefa ou aguardar.


2. O que acontece quando você apaga um arquivo?

Discos de armazenamento, sejam SSDs ou HDs comuns, guardam informação de forma esparsa. É como se partes dos seus arquivos fossem gravadas em porções diferentes do disco, sendo acessíveis e legíveis pelo sistema operacional a partir de uma grande tabela de endereços (chamada de MPT), que diz ao Windows onde está cada pedaço do arquivo para leitura.

Quando você decide deletar algo, seja movendo para a Lixeira ou apagando o arquivo “definitivamente”, na verdade, o que é feito é a remoção do endereço desses trechos dos dados da MPT. No entanto, na prática, os trechos que formam os dados continuam salvos no HD. É por isso que programas de recuperação de dados funcionam: eles encontram esses pedaços de arquivos e tentam recompor os dados originais, mesmo depois de oficialmente excluídos.

Se você apagar algo, e não tentar recuperar, e continuar usando o computador normalmente, o Windows irá destinar os espaços antes ocupados pelos dados removidos para outros arquivos, eventualmente sobrescrevendo e eliminando essas informações definitivamente.


3. Por que não é possível criar pastas com alguns nomes?

Você não conseguirá criar uma pasta com os nomes de “con”, “lpt1”, “aux”, dentre outros. A razão para isso está no fato de que o Windows reserva esses termos para associá-los a recursos de hardware, como teclados e telas (con), portas paralelas (lpt1) e seriais (aux). Se permitisse o uso dessas palavras, o sistema poderia entrar em conflito na hora de acessar esses recursos e confundir as estruturas do sistema em si com seus dados.

Outras restrições têm a ver com caracteres: não é possível criar arquivos com \ ou *, por exemplo. A barra é um delimitado de diretórios: o arquivo Windows\TechTudo.doc seria percebido pelo Windows como um arquivo TechTudo.doc dentro da pasta Windows. Já o * é usado em processos de busca de dados.


4. Por que existe uma pasta Arquivos de Programas x86?

O “x86” é um termo relacionado à arquitetura de 32 bits, que foi, durante muitos anos e edições do Windows, a alternativa padrão para desenvolvimento de aplicativos. Com o surgimento de sistemas de 64 bits, a Microsoft decidiu criar a pasta em versão x86 para garantir que aplicações mais antigas, desenvolvidas em 32 bits, pudessem se manter compatíveis com os novos sistemas.

Já "Arquivos de Programas" (sem o x86 no nome) é a versão padrão e mais atual da pasta, destinada para aplicações de 64 bits instaladas no seu computador. Essa divisão permite que programas mais antigos funcionem corretamente e evita que aplicações de 64 bits entrem em conflito com recursos de software mais antigos.


5. O que é a pasta System32?

Muito usada em memes e em brincadeiras danosas, a pasta System32 é um elemento central do funcionamento do sistema operacional. Presente desde o Windows 95, a pasta abriga uma coleção de arquivos de sistema usados pelo próprio sistema, mas também por apps instalados no computador, as tais “bibliotecas DLL”. São arquivos que facilitam o acesso a recursos por todos os componentes que fazem parte do seu computador. Sem a pasta System32, seu sistema deixará de funcionar corretamente e pode até mesmo não inicializar novamente.


6. Por que C: e não A:?

Você já deve ter observado que a partição principal em que o sistema operacional está instalado é sempre C: e que outros drives e partições que você tenha no PC acabam sempre assumindo as letras seguintes, como D, E F e etc. Mas por que tudo começa em C? Por que o Windows não é instalado em A:?

A razão tem a ver com os primeiros computadores pessoais nas décadas de 1970 e 1980. Naquela época, as máquinas não possuíam armazenamento interno próprio e carregavam sistema operacional e aplicações por meio de disquetes instalados em A: e B:. Com o tempo, o surgimento do disco rígido se tornou lugar comum e o C: acabaria associado à unidade interna. Hoje, embora disquetes não sejam mais usados, as unidades A: e B: são preservadas pelo sistema operacional para garantir compatibilidade com sistemas antigos.







Fonte: Por Filipe Garrett, para o TechTudo




Publicidade
Henrique Schneider

Henrique Schneider
Conheça o escritor, seus contos e livros no site oficial.

Tronic Networks

Tronic Network
Hospedagens de sites. Hospedagens de dominios.

Cicloturismo Adventure

Cicloturismo Adventure
Veja umas trilhas para o seu esporte preferido